18 de maio de 2007

Ecstase


Descrição da imagem: cachos de flores amarelas pendem de uma árvore que se encontra quase sem folhas. Ao fundo, um céu de um azul cinzento, como em dias de outono.


Ecstase


Sei que ninguém mais te traz
a adrenalina que injeto em tua vida.
E é por isso que permito que te vás,
e te vás, e te vás, como há muito já te disse.
Para longe e para todo o sempre se vá.
Pois tenho em mim que após breve descanso
sempre retornarás.

O mundo não entende a equação de nossos beijos
intervalados, em picos de amenidade e vandalismo.
Um ponto, uma intermitência, e o prosseguimento.
É assim que transcorre nossa vida:
em ciclos de profundo amor,
fechados com isolamento; e silêncio eterno.

Para sempre...
Como se no amor, algo fosse para sempre...

Related Posts with Thumbnails
Loading...

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO